fbpx

Combate ao câncer infantil

Hoje dia 23 de novembro, é o dia nacional de combate ao câncer infantil!

Enfrentar uma doença tão grave desde os primeiros anos de vida é um desafio e tanto.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), cerca de 12 mil crianças e adolescentes são diagnosticadas com câncer anualmente no Brasil, o que representa uma média de 32 casos por dia na população infantojuvenil.

Como o câncer infantil é causado?

O câncer pode ser causado por fatores externos (substâncias químicas, irradiação e vírus) e internos (hormônios, condições imunológicas e mutações genéticas).

O câncer é hereditário?

Em geral, o câncer não é hereditário. A criança não herda o câncer, mas componentes genéticos a tornam predisposta à doença. São raros os casos em que a doença é herdada, como o retinoblastoma, um tipo de câncer de olho que afeta crianças.

O tratamento!

Atualmente, os métodos utilizados no tratamento do câncer infantil garantem altos índices de cura, perto de 70%. Mas, para se chegar nesse patamar, é fundamental o diagnóstico precoce.

Sinais e sintomas:

  • dores de cabeça pela manhã e vômito
  • caroços no pescoço, nas axilas e na virilha, ínguas que não resolvem
  • dores nas pernas  que não passam e atrapalham as atividades das crianças
  • manchas arroxeadas na pele, como hematomas ou pintinhas vermelhas
  • aumento de tamanho de barriga
  • brilho branco em um ou nos dois olhos quando a criança sai em fotografias com flash

Por isso, as crianças também precisam ir para consultas regulares. Dessa forma podemos prevenir ou identificar algum tipo de câncer no início, aumentando as chances de cura.

Leia também: catapora, você deve vacinar!

Comentário

Nenhum comentário neste post. Faça o primeiro.

Deixe um comentário

: )